Voltar a Página Estudos
Voltar ao Menu Estudo 06 Estudo 08

Estudo Bíblico
Está Escrito

7- Um Profeta entre Nós

Um antigo rei da Síria guerreava contra o povo de Israel, mas estava tendo problemas, pois o rei de Israel parecia saber todos os seus movimentos antecipadamente. Ele reuniu os seus servos e exigiu que descobrissem quem estava espionando. Mas um dos servos respondeu: "Não, ó rei meu Senhor; mas o profeta Eliseu, que está em Israel, faz saber ao rei de Israel as palavras que tu falas na tua câmara de dormir." II Reis (VT) 6:12. Israel possuía uma clara vantagem militar por ter um profeta.

Em várias ocasiões, os reis do antigo povo de Deus foram instruídos por um profeta. às vezes o conselho era ignorado trazendo terríveis conseqüências. Sempre foi vantajoso para o povo de Deus ter um profeta entre eles. Isso também seria uma vantagem para nós hoje? "Certamente o Senhor Jeová não fará coisa alguma, sem ter revelado o Seu segredo aos Seus servos, os profetas." Amós (VT) 3:7. é evidente que temos que nos interessar mais pelos profetas e pelas informações que eles têm para nós.

Naquele tempo, os profetas eram chamados de videntes. "Antigamente em Israel, indo qualquer consultar a Deus, dizia assim: Vinde, e vamos ao vidente; porque ao profeta de hoje antigamente se chamava vidente." I Samuel (VT) 9:9. Os videntes eram os olhos do povo de Deus. Certamente, é importante que a Igreja tenha "olhos". Sem a visão profética, a Igreja seria tão deficiente quanto uma pessoa sem visão.

Jesus nos alertou sobre alguns perigos especiais que existiriam em nossos dias. "Porque surgirão falsos cristos e falsos profetas, e farão tão grandes sinais e prodígios, que, se possível fora enganariam até os escolhidos." São Mateus (NT) 24:24.

Não fomos deixados sem proteção contra os falsos profetas, não precisamos ser enganados. Deus nos deu uma regra através da qual qualquer profeta, qualquer movimento ou ensino pode ser testado: "à Lei e ao Testemunho! Se eles não falarem segundo esta palavra, nunca verão a alva." Isaías (VT) 8:20. Se qualquer mensagem não estiver de acordo com a Bíblia, ela não tem luz, não merece crédito.

A presença de falsos profetas prova a existência dos verdadeiros. O anjo caído e seus ajudantes jamais se preocuparam com falsificações quando a verdade não é apresentada.

Você já viu uma nota falsa de 999 cruzeiros? é claro que não, pois não existe nota verdadeira de 999 cruzeiros. Portanto, o alerta de Deus contra os falsos profetas nos últimos dias é uma prova positiva de que os verdadeiros devem existir.

Para cada época de crise no passado, Deus enviou um profeta. Antes do dilúvio, Noé. Na apostasia geral, Elias. Antes de Jesus começar Seu ministério na Terra, veio João Batista para preparar o caminho. Para escrever o livro de Apocalipse para os nossos dias, Deus chamou João. Em um tempo de crise como o mundo jamais conheceu, quando Jesus está para retornar, Deus não vai nos esquecer.

As Escrituras predizem que Ele não nos esquecerá: "Mas isto é o que foi dito pelo profeta Joel: E nos últimos dias acontecerá, diz Deus, que do Meu Espírito derramarei sobre toda a carne; e os vossos filhos e as vossas filhas profetizarão, os vossos mancebos terão visões, e os vossos velhos sonharão sonhos, e também do Meu Espírito derramarei sobre os Meus servos e Minhas servas naqueles dias, e profetizarão." Atos (NT) 2:16 a 18.

O apóstolo São Pedro estava aplicando a profecia de Joel para aqueles dias. Mas essa profecia seria cumprida também em nossos dias, nos tempos finais. Jovens, velhos, filhos, filhas, servos - dentre todos estes, nos últimos dias, surgirão os que profetizarão. Quando Jesus retornou ao Céu, Ele enviou dons para o Seu povo. Jesus estava preocupado com as necessidades da Igreja.

"Pelo que diz: subindo ao alto, levou cativo o cativeiro, e deu dons aos homens... E ele mesmo deu uns para apóstolos, e outros para profetas, e outros para evangelistas, e outros para pastores e doutores. Querendo o aperfeiçoamento dos santos, para a obra do ministério, para a edificação do corpo de Cristo, até que todos cheguemos à unidade da fé, e ao conhecimento do Filho de Deus, a varão perfeito, à medida da estatura completa de Cristo." Efésios (NT) 4:8, 11 a 13. Quais serão os resultados desses dons na Igreja, inclusive o de profecia? "Para que não sejamos mais meninos inconstantes, levados em roda por todo vento de doutrina, pelo engano dos homens que com astúcia enganam fraudulosamente." Efésios 4:14.

Esses dons são para nos manter firmes. Eles nos advertem para permanecermos na Bíblia, impedem que sejamos confundidos e levados por ventos de falsas doutrinas.

"E o dragão irou-se contra a mulher, e foi fazer guerra ao resto da sua semente, os que guardam os mandamentos de Deus, e têm o testemunho de Jesus." Apocalipse (NT) 12:17.

Satanás está zangado com o povo de Deus, porque esse povo persiste em guardar os mandamentos e por possuir o testemunho de Jesus. O que é o testemunho de Jesus? "E eu lancei-me aos seus pés para o adorar; mas ele disse-me: Olha não faças tal; sou teu conservo, e de teus irmãos, que têm o testemunho de Jesus; adora a Deus; porque o testemunho de Jesus é o espírito de profecia." Apocalipse 19:10. O testemunho de Jesus é o espírito de profecia. Nessa passagem, o anjo com quem João falava identifica-se como pertencente ao grupo de "irmãos", que têm o testemunho de Jesus.

Essa é uma das duas ocasiões onde João se lança aos pés do anjo para adorá-lo, mas o anjo diz a João que adore unicamente a Deus. Em outra ocasião, o anjo disse: "Olha, não faças tal; porque eu sou conservo teu e de teus irmãos, os profetas, e dos que guardam as palavras deste livro. Adora a Deus." Apocalipse 22:9.

Em uma ocasião, o anjo identificou-se como pertencendo àqueles que têm o testemunho de Jesus. E nessa última passagem ele se identifica com o grupo dos profetas. Evidentemente, o testemunho de Jesus é algo que os profetas têm, e isso é o espírito ou dom de profecia. Unindo isto a Apocalipse 12:17, fica claro que o povo de Deus nos últimos dias, além de guardar os mandamentos, terá o dom de profecia.

Estaremos seguindo a Jesus se rejeitarmos o dom de profecia, a presença de profetas, que o livro de Apocalipse nos revelou? A verdade é que, sem o dom de profecia, nenhum segmento religioso pode afirmar ser o povo retratado em Apocalipse.

Os Adventistas do Sétimo Dia tiveram entre eles um verdadeiro profeta. Ellen G. White atuou como mensageira de Deus de dezembro de 1844, quando recebeu sua primeira visão, até a sua morte, em 1915.

Ellen, uma garota de 17 anos, estava entre aqueles que participaram do movimento que esperou o retorno de Jesus em 22 de outubro de 1844. Quase dois meses depois, ela teve sua primeira visão. Durante sua vida, ela teve mais de duas mil visões.

Os adventistas seguiram cegamente os conselhos e orientações de Ellen White? Não, eles verificaram suas credencias divinas como profeta de Deus, e as encontraram em perfeita ordem e harmonia com as Escrituras Sagradas. E qual foi o resultado disso? Os Adventistas tiveram uma tremenda vantagem no campo da saúde, em virtude de seus conselhos e orientações.

Alguns têm erroneamente pensado que os Adventistas, com seu vegetarianismo e abstinência do fumo e do álcool, estão seguindo algum estranho tabu da Igreja. Mas isso não é verdade, eles apenas estão seguindo o conselho divino dado através de Ellen White, com o propósito de proteger a saúde. E tem compensado! Os conselhos de Ellen White têm sido uma preciosidade para a Igreja em todos os tempos. Em resultado disso, os Adventistas têm uma expectativa de seis anos a mais de vida que a média da população. Além disso, a Igreja mantém uma rede de centenas de hospitais, clínicas e centros médicos.

Uma outra área em que Ellen White exerceu grande infuência foi no sistema educacional adventista. Em resultado de suas orientações, a Igreja estabeleceu um sistema-padrão de educação cristã. Hoje, além das milhares escolas fundamentais, a Igreja mantém quase uma centena de universidades.

Por causa de suas visões e conselhos, as editoras adventistas foram estabelecidas no mundo inteiro. Hoje, são mais de 50 Casas Publicadoras espalhadas pelos cinco continentes.

Ela não só foi divinamente instruída quanto às instituições que deveriam ser organizadas, mas também quando e onde organizá-las. Em várias ocasiões, foi mostrado a Ellen White exatamente o local da propriedade que deveria ser adquirida.

Os administradores dessas instituições, e da própria Igreja, tiveram a segurança de contar com seus inpirados conselhos. Algumas vezes as mensagens eram dirigidas especificamente para determinados indivíduos ou grupos.

Mensagens de repreensão também foram dadas, e essa era uma área do seu trabalho que ela não apreciava muito, semelhantemente aos profetas bíblicos.

A precisão do tempo das mensagens de Ellen White era simplesmente fantástica. às vezes, uma carta com conselhos chegava no momento exato em que uma comissão ou pessoa estava lutando com um problema difícil. A carta podia ter sido escrita semanas ou talvez meses antes dos problemas surgirem e enviada para grandes distâncias, mas chegava a tempo.

A Igreja Adventista mantém em todo o mundo uma unidade relativa às suas crenças e interpretações das verdades bíblicas.

Ao contrário do que muitos pensam, os ensinos doutrinários não foram formulados por Ellen White. Eles são resultado de muitas horas gastas em estudo da Bíblia e oração por parte dos primeiros adventistas. Ela participou das discussões, mas não como teóloga. Era- lhe difícil compreender as questões discutidas e emitir opiniões. Entretanto, quando eles haviam esgotado todas as possibilidades humanas e chegavam a um impasse, ela recebia uma visão confirmando as conclusões ou apontando uma nova direção. Deus conduziu as participações de Ellen White em momentos de decisão e não de estabelecimento das doutrinas, para que ninguém a olhasse como um ser superior, mas simplesmente como uma portadora de mensagens dadas por Deus em momentos específicos. Em resultado disso, apesar das diferenças de cultura que separam os povos, a Igreja Adventista mantém um corpo doutrinário coeso e único.

Sola Scriptura, a Bíblia, somente a Bíblia, foi o lema da reforma adotado também pela Igreja Adventista. A Bíblia é a única regra de fé e verdade seguida pelos Adventistas. Os Adventistas têm sido acusados de colocar os ensinos de Ellen White acima da Bíblia, mas isso não é verdade. Um profeta é colocado acima da Bíblia quando se mantém totalmente fiel à Palavra de Deus? Não.

A Bíblia é o grande padrão pelo qual todos os profetas devem ser medidos. O Espírito Santo que inspirou os profetas bíblicos jamais Se contradiz (ver II São Pedro -NT- 1:20 e 21). Ele nunca comunica a um profeta algo contrário ao que comunicou aos profetas anteriormente. Um profeta atual, deve ser medido pelos profetas da Bíblia. Esta é uma das maravilhas da Palavra de Deus: mesmo tendo sido escrita por um período de 1.600 anos, não encontramos contradições em suas páginas. Naturalmente, os escritos de Ellen White têm que ser medidos com o que o Espírito Santo disse em toda a Bíblia. Não há nada em seus escritos que anule, diminua ou contradiga a revelação bíblica.

Um telescópio não pode acrescentar uma única estrela ao céu, mas ele nos possibilita ver muito mais do que vemos a olho nu. A relação entre os escritos de Ellen White e a Bíblia é assim. Não há pretensão de se estabelecer verdades, nem de comunicar aquilo que a Bíblia já não tenha comunicado. Mas seu papel é ser um guia que nos possibilite ver com mais clareza as verdades bíblicas. Uma luz menor conduzindo a uma luz maior, como ela mesma se definiu.

Temos um motivo a mais para agradecer a Deus: um profeta entre nós em cumprimento à profecia bíblica. é mais um sinal de que Deus pensou em nossa segurança fornecendo orientações para os momentos decisivos da história humana.


1. O povo de Deus no passado foi instuido por profetas? II Reis 6:12

                     Sim Não

2. Jesus alertou sobre alguns perigos especiais quanto a falsos profetas? S.Mateus 24:24

                     Sim Não

3. Pode uma mulher ser profetiza? Atos 2:16-18

                     Sim Não

4. Os conselhos e orientações de Ellen G.White foram seguidos cegamente pelos Adventistas do Sétimo Dia?

                     Sim Não

5. Complete o texto de Deuteronômio 18:22

  "Sabe que quando esse profeta falar, em nome do Senhor, e a palavra dele se não   nem suceder, como profetizou, esta é a palavra que o Senhor não disse; com soberba a falou o tal  : não tenhas temor dele."