Nesta página você encontra dezenas de Sermões Biblicos de renomados pastores para você conhecer mais da palavra de Deus ou para usar em suas pregações em sua igreja.

CLIQUE para voltar a página inicial dos Sermões Online

177 Sermões Evangelisticos

AMAS-ME?

PR. ALEJANDRO BULLÓN


"A mensagem escolhida para esta palestra, encontra-se em João 21:15-17: "Depois de terem comido, perguntou Jesus a Simão Pedro: Simão, filho de João, amas-Me mais do que estes outros? Ele respondeu: Sim, Senhor, Tu sabes que Te amo. Ele lhe disse: Apascenta os meus cordeiros. Tornou a perguntar-lhe pela segunda vez: Simão, filho de João, tu Me amas? Ele lhe respondeu: Sim, Senhor, Tu sabes que Te amo. Disse-lhe Jesus: Pastoreia as minhas ovelhas. Pela terceira vez Jesus lhe perguntou: Simão, filho de João, tu Me amas? Pedro entristeceu-se por Ele lhe ter dito, pela terceira vez: tu Me amas? E respondeu-lhe: Senhor, Tu sabes todas as coisas, Tu sabes que eu Te amo. Jesus lhe disse: Apascenta as minhas ovelhas."


O texto acima possui quatro pensamentos que quero desenvolver. O primeiro pensamento: Ninguém vai se perder porque alguma vez caiu na vida espiritual. Se alguém se perder, será porque tendo caído, não quis levantar de novo.


O segundo pensamento: se você quer recomeçar sua vida com Cristo, se quer uma nova chance, você tem que estar apaixonado por Jesus, porque sem amor, não se pode construir uma vida cristã saudável.


Terceiro pensamento: o grande problema da vida espiritual, que nos leva muitas vezes a cair, é que carregamos em nós a maldita natureza pecaminosa que nos acompanhará até o dia da glorificação, quando Cristo voltar.


E o quarto pensamento: o segredo para permanecer firme na fé, é o serviço, o envolvimento com a Igreja, o envolvimento com a missão de Cristo na Terra. Agora deixem-me desenvolver estes quatro pensamentos.


Primeiro: Ninguém vai se perder porque alguma vez caiu na vida espiritual; se alguém se perder será simplesmente porque, tendo caído, não tentou se levantar e continuar a caminhada com Cristo. O texto bíblico relata o encontro de Jesus com Pedro após a ressurreição. Pedro era um homem que confiava em suas próprias forças e antes de Jesus ser crucificado, ele olhou para Jesus e disse: "...Ainda que me seja necessário morrer Contigo, de nenhum modo Te negarei." (Marcos 14:31)


Pedro era o "membro de Igreja" que achava que outros poderiam cair, mas ele, nunca. Outros poderiam trair o Senhor Jesus, mas ele nunca. Querido, nunca confie nas forças humanas, nós não passamos de barro. Não somos nada sem Cristo. "Eu Sou a videira, vós os ramos. Quem permanece em Mim, e Eu, nele, esse dá muito fruto; porque sem Mim nada podeis fazer."(João 15:5)


Paulo repete a lição de outra maneira: "Tudo posso naquele que me fortalece." (Filipenses 4:13)


Nós não somos nada, nosso sustento é Cristo, nossa segurança é Cristo, nossa garantia de salvação é Cristo. A nossa força, o nosso conhecimento da Bíblia, a nossa participação na Igreja, os anos que já estamos na vida cristã, tudo isso é nada. A coluna vertebral do cristianismo é Cristo. Pedro se esqueceu disso e caiu. Caiu feio, beijou o pó. Desceu lá no fundo do poço, traiu. Retornou à sua vida passada, falhou, pecou, abandonou o seu Mestre.


O texto bíblico escolhido traz um pensamento interessante: Se, como muitos cristãos sinceros acreditam, Pedro foi o primeiro Papa, então os Papas também caem, os Papas também falham. Ninguém é infalível! Pedro caiu, falhou e falhou feio.


Queridos, não há coisa mais triste na vida espiritual que a consciência do culpado. O grande problema com o pecado não é que Deus não possa nos perdoar. Ele nos perdoa. O grande problema com o pecado é que a consciência do pecador não aceita, as vezes, o perdão.


Será que você é alguém atormentado pelo peso da culpa? É alguém que há anos e anos vem carregando o fardo de uma consciência culpada?


Em nome de Deus, tomo minha Bíblia para lhe dizer uma coisa: Este livro está cheio de promessas maravilhosas! Não importa o seu passado, não importa o seu presente, não importa como você viveu, não importa o que você fez. Há perdão para você e ninguém vai se perder porque um dia caiu; se alguém se perder será simplesmente porque caindo, não quis acreditar de novo, não tentou levantar-se, não tentou continuar a caminhada.


Na Bíblia, encontro dois tipos de cristãos: Enoque, cuja biografia está contida em apenas catorze palavras. Na vida de Enoque não encontramos um pecado, foi uma vida impecável, uma vida correta, uma vida perfeita. Por mais que eu procure na Bíblia um erro na vida de Enoque, não encontro. Tudo que encontro é que: "Andou Enoque com Deus, e ... Deus o tomou para Si."(Gênesis 5:24)


Deus quer Enoques na Sua Igreja. Deus pode fazer de você um Enoque moderno. A Bíblia está cheia de promessas: veja no livro do Apocalipse algumas promessas: "O vencedor será assim vestido de vestiduras brancas, e de modo nenhum apagarei o seu nome do livro da vida." (Apocalipse 3:5) Veja mais adiante, outra promessa: "Ao vencedor, dar-lhe-ei sentar-se Comigo no Meu trono, assim como também Eu venci e Me sentei com Meu Pai no Seu trono." (Apocalipse 3:21)


Se a Bíblia fala tanto de vitória é porque a vitória não é uma utopia, não é algo irreal, a vitória é possível! Existe um Deus que pode fazer você vitorioso. Você pode viver uma vida sem cair, como Enoque.


Nas minhas horas de meditação pessoal, eu peço a Deus: Senhor, como gostaria de ser como Enoque, mas se não posso ser como ele, pelo menos dá-me a alegria de ser como Davi que conheceu o outro lado da vida, que caiu, fracassou, que foi derrotado, mas em meio à miséria do pecado, levantou o rosto para o céu em desespero e correu como louco no meio da noite. Caiu numa cova escura, de joelhos, e aí escreveu o Salmo 51. Veja que palavras maravilhosas: "Eu nasci na iniqüidade, e em pecado me concebeu a minha mãe... Cria em mim, ó Deus, um coração puro, e renova dentro em mim um espírito inabalável. Não me repulses da tua presença, nem me retires o teu Santo Espírito." (Salmos 51:5, 10 e 11) E então Davi se levantou vitorioso.


Meu amigo, se não pudermos ser como Enoque, pelo menos sejamos como Davi, ou sejamos como Pedro, que depois de ter sido "ancião de Igreja", depois de ter sido um "pastor", depois de ter sido um "líder", caiu. O inimigo veio e disse: "Pedro, você está acabado. Olhe, Judas já se enforcou... O que você está esperando para se enforcar também?" Pedro, porém, acreditou no Senhor Jesus, levantou-se, correu, solitário ajoelhou-se e chorou amargamente sua derrota. Ele clamou desesperado: "Senhor, eu sou pó, não presto, sou mau! Podes me restaurar, podes me fazer de novo?" Jesus o levantou e agora aqui está Pedro diante Dele, pedindo uma segunda chance: "Senhor, dá-me uma nova oportunidade. Por favor, acredita em mim, dá-me uma segunda chance!"


Você é alguém que quer uma segunda chance com Jesus? Você quer que Jesus lhe dê uma segunda oportunidade? Você gostaria que seu passado fosse esquecido, como se nascesse de novo?


Chegamos, então, à segunda parte do tema desta palestra: se você quer recomeçar sua vida com Cristo, se você quer uma nova chance, se você quer construir uma nova experiência com Cristo, você tem que estar apaixonado por Jesus, porque sem amor, não se pode construir uma vida cristã saudável.


Jesus virou-se para Pedro e disse: "Pedro, você quer uma nova oportunidade? Então vou lhe fazer uma pergunta: você Me ama?" E o texto bíblico diz que ele respondeu rápido: "Claro, Senhor, que Te amo!" Jesus disse: "Pedro, você não entendeu. Estou perguntando: Pedro, você Me ama?" A resposta foi: "Senhor, eu Te amo!" E Jesus insistiu: "Pedro, você ainda não entendeu: Eu estou perguntando se você Me ama." O texto bíblico diz que desta vez Pedro ficou triste porque Jesus perguntara pela terceira vez. Então Pedro pensou: "Ah, Senhor, que motivos tens para acreditar que eu Te amo?"


Pergunto: "Jesus tem algum motivo para crer que você O ama?" Como é fácil amar com palavras! Ah, queridos, dizer "eu te amo", tem se tornado tão vulgar, hoje em dia. Dizer: "eu gosto de você" tem se tornado tão vazio, tão sem significado. Amor, amor de verdade, não é amar de boca. Amor significa renuncia. Amor também significa lágrimas. Amor significa negar-se a muitas coisas. Este mundo está cheio de amor barato. Pedro estava contagiado de amor barato. Que fácil é dizer: "Te amo, te amo, te amo...". Jesus ia perguntar um milhão de vezes e ele ia continuar dizendo "Te amo, Te amo". Jesus só parou de perguntar porque Pedro ficou triste, porque Pedro entendeu que o Mestre não tinha nenhum motivo para acreditar que ele O amava.


Agora, diga-me: O que você está renunciando por amor a Jesus? Está renunciando a algum tipo de música por amor a Cristo? Está renunciando a algum programa de televisão por amor a Cristo? Está renunciando a um emprego por amor a Cristo? Está renunciando algum vício por amor a Cristo? Está renunciando a quê, por amor a Cristo? Que motivos tem Cristo para acreditar que você O ama? Ele deixou tudo no Céu, veio para sofrer a morte de um marginal, porque o amava.


Veja que mensagem maravilhosa o apóstolo Paulo escreveu aos filipenses: "Tende em vós o mesmo sentido que houve também em Cristo Jesus, pois Ele, subsistindo em forma de Deus não julgou como usurpação o ser igual a Deus; antes a Si mesmo Se esvaziou, assumindo a forma de servo, tornando-Se em semelhança de homens..." (Filipenses 2:5-6) E ele segue dizendo: "A Si mesmo Se humilhou, tornando-Se obediente até a morte, e morte de cruz."(Filipenses 2:8) O que você deixou para servir a Jesus?


Estarei, neste momento, me dirigindo a uma senhora cujo marido a persegue por causa de Cristo? Ele sempre resmunga quando você se dedica às coisas de Deus? Ou será que você é um jovem que não pode ingressar na Universidade por ser fiel aos princípios de Cristo? Será você um jovem que renunciou a um trabalho, a uma carreira, por causa de Cristo? Que motivos tem Cristo para acreditar que você O ama?


Querido, vivemos dias perigosos. A Mídia, formada pela televisão, rádios, revistas, jornais; bombardeia nossa juventude com a nova moral, amor sem compromisso, sexo sem compromisso. O casamento já é história, hoje não se ama, se "fica"! Hoje não existe mais compromisso! A juventude vive sendo bombardeada. Os jovens ligam a televisão e vêem garotas de treze anos praticando sexo. Ligam a TV e assistem a namorada do garoto com o pai do menino. A Mídia, bate, bate e bate. Quatro horas de televisão, um minuto de Bíblia. Claro que a Mídia vai fazer sua cabeça! Claro que, de repente, você vai sentir que a Igreja está errada, que a Palavra de Deus passou de moda, que a Igreja tem que se atualizar. A moda hoje é sexo sem compromisso, amor sem compromisso, amor sem casamento. Pode-se ter quatro, cinco mulheres, está tudo bem, está tudo maravilhoso! O jeito é aproveitar a vida que é curta! A Mídia consegue o que quer.


Estamos renunciando a cultura moderna para seguir a Cristo? Que motivos tem Jesus para acreditar que você O ama? Jesus olha para Pedro e diz: "Pedro, você quer começar uma vida nova Comigo? Uma nova experiência? Vou lhe perguntar: Você Me ama?"


O terceiro pensamento é apresentado na pergunta de Jesus a Simão: "Simão, filho de João". "Simão, filho de João" ... o que aconteceu com Jesus? Por que perguntou tantas vezes, "Simão, filho de João"? Sabe o que Jesus está querendo dizer? Simão, filho do homem, filho da carne. Simão, ser humano, lembre-se que você é filho de João. Você quer Me seguir, quer começar uma nova experiência Comigo? Então lembre-se de que você é filho de João, que você não é Deus. Você é homem, você é carne.


Querido, sabe por que fracassamos na vida espiritual? Porque esquecemos que somos "filhos de João". O que acontece quando uma pessoa levanta pela manhã, escova os dentes, toma um banho e sai correndo como um louco para a luta do dia? O que esta pessoa está dizendo para Jesus? Está dizendo: "Senhor, sabes por que não separo tempo para orar, para estudar a Bíblia? Sabes por que estou saindo como um louco? Porque eu não preciso de Ti para vencer nesta vida, eu me viro sozinho." Mas quando você se ajoelha de manhã e abre sua Bíblia antes de sair, está dizendo: "Senhor, sabes por que estou ajoelhado aqui? Porque sou filho de João, sou um pobre e fraco pecador. Estou sozinho e perdido. Antes de sair, preciso passar um tempo Contigo, porque eu não posso esquecer que eu sou filho de João."


Meu amigo, esta é a grande lição que eu tive de aprender, a golpes, nesta vida. Você me vê pregando, no entanto, talvez não tenha uma oportunidade de chegar perto de mim para conviver um pouco, para ver como sou em casa, como sou na minha vida diária. Eu só imagino que você olha pra mim e pensa: "Ah, Deus usa o Pastor Bullón." Mas quero dizer-lhe uma coisa: Eu não sou nem um pouquinho melhor do que você, tenho as mesmas lutas que você tem, sou tentado tanto quanto você, tenho tristezas e sonhos! As vezes sinto-me sozinho como você. A única diferença, talvez, é que minhas próprias derrotas nesta vida ensinaram-me a entender que sou "filho de João", que não sou ninguém sem Cristo. Minhas derrotas ensinaram-me a entender que se eu soltar a mão de Jesus, não serei nada nesta vida.


Você pode me ver aqui pregando, mas não me vê ajoelhado, sozinho. Por que eu busco ao meu Deus? Porque eu sou "filho de João", não sou nada. Sem Ele não passo de um pobre pecador. Ele é a minha segurança, Ele é a minha certeza de salvação, Ele é o meu escudo. Não quero mais viver sem Ele, porque já soube o que é estar sem Cristo. Já soube o que é o vazio da alma.


O quarto pensamento é o segredo para permanecer firme na fé: é o envolvimento com a Missão de Cristo na Terra. Depois de perguntar três vezes se Simão O amava, Jesus pela terceira vez pediu: "... Apascenta as minhas ovelhas." (João 21:17)


Sabe por que? Porque não há maneira de você permanecer firme na Igreja, se você não se comprometer com as ovelhas do Senhor. Pregue o Evangelho, testifique, ganhe almas. Não há maneira de você permancer firme na fé se não estiver comprometido com a vida da Igreja. Por favor, não fique na torcida organizada, fique no campo, vista a camisa, sue. Este "jogo" não dura somente 90 minutos, este "jogo" dura até a vinda de Cristo. Pregue o Evangelho, busque almas, comprometa-se com a Igreja.


Talvez você esteja morto na vida espiritual. Tente lembrar-se. Sabe quando começou a sua desgraça espiritual? Quando você não aceitou o cargo que a Igreja lhe ofereceu. Quando você deixou de cantar no coral. Cristianismo não é levantar aos sábados às dez da manhã, assistir ao culto e sair. Cristianismo é compromisso com a vida da Igreja. "Simão, filho de João, quer começar de novo?" "Quero, sim, Senhor!" "Então, comprometa-se com a Igreja. Envolva-se com a Missão que deixei nesta Terra."


Outro dia participei de um batismo no Chile onde um velhinho de oitenta anos se batizava. Ele me abraçou e disse: "Pastor, fui batizado quando tinha 17 anos. Saí da Igreja aos 20. Passei 60 anos fora da Igreja. Conheci tudo o que este mundo tem, até que uma enfermidade tocou o meu corpo. Eu não tenho muito tempo de vida. Mas eu não queria morrer sem retornar aos braços de Jesus." Entrou no tanque do batismo carregado por dois pastores. Que pena! Sessenta anos de vida desperdiçados. Mas, que alegria, antes da morte ele lembrou-se de Jesus.


A coisa mais linda que Jesus tem é que Ele acredita em você, Ele o ama. Não importa por quais caminhos você transitou, Ele nunca deixou de amar você. Não importa quantas vezes você O traiu, Ele nunca deixou de amá-lo. Não importa que as pessoas digam que você não presta. Para Jesus, você presta, você vale muito. Ele não quer que você continue naquela "vidinha" espiritual medíocre. Ele quer que você acorde, que você desperte. Ele quer que você reaja. Quer que você agora clame, do fundo do seu coração, e diga: "Senhor, eu não sou nada! Eu não posso, mas eu acredito em Teu poder e Contigo posso tornar-me um gigante."


Onde estiver, peça em seu coração que Jesus ouça o seu pedido em oração.

ORAÇÃO

Querido Pai, Tu sabes, Tu vês o que os olhos humanos não podem ver. Tu podes ver a decisão maravilhosa de cada coração e podes ouvir o clamor silencioso de cada pessoa. Concede-nos, com Tua paz, nascermos em Teu Reino aqui neste mundo. Neste momento Tua graça maravilhosa nos lava completamente e também, neste momento o Teu Espírito nos enche de poder, poder para viver como Enoque, poder para acreditar, poder para vencer. Ó Pai, quando Cristo voltar dá-me a alegria de abraçar todos estes amigos no Reino dos Céus. Em nome de Jesus, amém.



Programas Evangelicos Mensagens Evangelicas