Nesta página você encontra dezenas de Sermões Biblicos de renomados pastores para você conhecer mais da palavra de Deus ou para usar em suas pregações em sua igreja.

CLIQUE para voltar a página inicial dos Sermões Online

177 Sermões Evangelisticos

DEUS AMA VOCÊ

PR. ALEJANDRO BULLÓN

"O texto bíblico para a mensagem de hoje está no livro de Gênesis 19:4 a 8: "Mas, antes que se deitassem, os homens daquela cidade cercaram a casa, os homens de Sodoma, assim os moços como os velhos, sim, todo o povo de todos os lados; e chamaram por Ló, e lhe disseram: Onde estão os homens que, à noitinha, entraram em tua casa? Traze-os fora a nós para que abusemos deles.


Saiu-lhes então Ló à porta, fechou-a após si, e lhes disse: Rogo-vos meus irmãos, que não façais mal; tenho duas filhas, virgens, eu vo-las trarei; tratai-as como vos parecer, porém nada façais a estes homens, porquanto se acham sob a proteção de meu teto."


A mensagem a seguir é um assunto muito delicado e eu peço a Deus que me ajude a achar as palavras certas para tratá-lo de maneira séria, espiritual, misericordiosa. Porém, é um tema que não pode ser passado por alto desde o momento que está registrado no texto bíblico.


O texto nos apresenta uma cidade impenitente, que tinha descido às profundezas da rebeldia contra Deus e entre todos os pecados que dominavam a cidade, havia um que claramente expressava a perversidade de um povo sem Deus. Este problema era o homossexualismo.


O texto bíblico nos fala de dois anjos que chegaram para salvar Ló e sua família e nos apresenta também a Ló oferecendo sua casa para estes anjos. Ló era um homem hospitaleiro, abriu as portas de sua casa. Insistiu para que os anjos passassem a noite no seu lar e de repente, apareceram os homens da cidade querendo arrombar a porta e tirar para fora os dois anjos. Naturalmente, o povo não tinha noção de quem eram estas duas pessoas. No seu desespero por salvar estes dois anjos, Ló, inclusive, faz um sacrifício e oferece para os homens as suas duas filhas. Mas, a perversidade destes homens tinha chegado a nível tão baixo, que eles não ficariam contentes enquanto não tirassem os dois visitantes para fora. Em vista da firmeza de Ló, tentaram agarrar a ele mesmo. Foi aí que o poder dos anjos se manifestou. Colocaram Ló para dentro, fecharam a porta e deixam cegos aos agressores. Depois disseram para Ló: "Ló, esta cidade não pode continuar assim. Ela será destruída. Mas, você tem a oportunidade de salvar a sua vida. Fuja para o monte e leve sua família".


Outro dia estava nos Estados Unidos e vi dois homens de mãos dadas na televisão, se acariciando, sendo entrevistados por um jornalista e diziam assim: "Que mal tem, se nós nos amamos? Não estamos matando, nem forçando ninguém. Por que a sociedade tem que interferir em algo que é próprio nosso? Isto é normal, isto não está errado. Pode ter sido errado no passado, para outras gerações, hoje não. Nós somos livres. Isto é opção nossa e queremos que a sociedade nos respeite e nos aceite. Ninguém tem o direito de entrar em nossa vida."


E a grande verdade, amigos, é que o ser humano tem o direito de fazer o que quiser. Deus lhe deu esse direito. "Os céus e a terra tomo hoje por testemunhas contra ti", diz Deus, "que te propus a vida e a morte, a bênção e a maldição: escolhe, pois, a vida para que vivas, tu e a tua descendência." (Deut. 30:19)


Você vê, quando Deus nos criou, nos deu liberdade. Liberdade para fazer o que quisermos. A outra verdade é que, como cristãos, temos que entender que nós não temos o direito de querer impor um sistema de vida a ninguém. Nós não temos o direito de olhar com desprezo para ninguém. Por mais que na nossa opinião as pessoas estejam completamente erradas. Nós devemos amar o ser humano. Por mais pecador que ele seja, por mais errado que ele esteja, por mais imoral que nos pareça, por mais depravado e perverso que possa parecer, nós, como cristãos, temos o dever de amá-los, de respeitá-los e aceitá-los. Isto é verdade e aqueles dois jovens americanos estavam corretos nisto. Agora, se o que eles fazem é normal, esse já é um outro assunto. E estas são as duas coisas que precisamos separar em nossa mente.


O homossexualismo não é normal do ponto de vista divino, porque quando Deus criou o primeiro casal, não criou Adão e Pedro, Roberto e João. Quando Deus criou Adão e Eva, não criou Eva e Maria. Partindo da criação já não é normal. Não estava nos planos divinos. Fisiológica, física e biológicamente também não. Agora, o ser humano é livre. Como eu sou livre para comer pela orelha. Mas, não é normal. Eu posso beber água pelo nariz. Mas, não é normal. Mas eu não sou livre? Não tenho o direito? Claro que sim, eu sou livre e você tem que respeitar o que eu faço. Mas, não é normal. É isso que tem que ficar bem claro na mente: não é normal.


Outro dia eu falava com um jovem desesperado, que dizia: "Pastor, eu não tenho culpa de ter nascido assim". E ele, na sua impotência, olhava para o céu e dizia: "Oh, Deus, por que me criaste assim? Por que permitiste que eu viesse ao mundo assim? Por que eu carrego esta tendência dentro de mim? E hoje a ciência comprova que muitas crianças vêm a este mundo com um desequilíbrio hormonal. Agora, vem a pergunta: isto é justificativa para praticar o homossexualismo? Hoje, está provado que filhos de alcóolotras nascem com tendências para o alcoolismo. Isto quer dizer que aquela pessoa, tem necessariamente que ser um alcóolatra?


Queridos, todos nós nascemos com uma cruz na vida. Todos nós lutamos, uns com o orgulho, outros com o egoísmo, o ciúme, a mentira, a desonestidade, o cigarro, as drogas, o alcoolismo e outros com o homossexualismo. Todos têm seus pontos fracos. O diabo não tem uma fábrica de tentações em série para todo mundo. Não. O diabo tem uma fábrica de tentações personalizadas. Nessa fábrica tem um laboratório de pesquisa onde se estuda diferentes tipos de tentações adaptadas a cada indivíduo. O dia em que você nasce, você já entra no computador do inimigo. E aí começa a se desenvolver sua folha corrida. O gene que você traz, as tendências, o tipo de educação que você recebe. O que aconteceu na sua meninice? Que traumas carrega? Alguém abusou de você quando você era criança? Alguém o fez sentir-se inferior? Bateu em você? Machucou você? Tudo está registrado no computador. Logo, com esta folha, o diabo prepara a tentação específica para cada um. Agora, querido, o fato de que cada um de nós nasce com pontos fracos e que o diabo conhece tudo, não é argumento para ser derrotado. Eu conheço pessoas que nasceram com desequilíbrios hormonais e dizem: "Pastor, eu não posso negar que tenho profundas inclinações para isso ou para aquilo, mas conheci Jesus ainda criança. Cresci num lar cristão, aprendi a amar a Jesus, conheci valores espirituais, aprendi a agarrar-me a Jesus e pela graça de Deus, consegui me manter vitorioso até aqui. Não posso negar que as tendências estão dentro de mim. Que me sinto atraído para cá ou empurrado para lá, mas, pela graça de Deus, eu venci".


Meu amigo, ter nascido com tendências para o que for, não é argumento para a derrota, porque o Senhor Jesus veio a este mundo para provar que é possível ser vitorioso.


Se porventura você é alguém que está lutando contra este tipo de problema em sua vida, uma das coisas que tem que saber é que Deus o ama, do jeito que você é.


Li numa carta: "Pastor, Deus deve ter nojo de mim." Não, querido, Deus não tem nojo de você, Deus tem nojo do pecado, da miséria, do homossexualismo. Isso é anormal, ofensivo ao caráter puro de Deus. Mas Deus não pode ter nojo de você. Deus o ama muito. A mente divina é capaz de fazer algo que ser humano nenhum é capaz de fazer: separar pecado e pecador. A ira divina será desatada sem piedade contra o pecado, não contra o pecador. E se algum pecador for destruído, será unicamente porque não quis largar o pecado. Mas, a destruição não vem para o pecador, vem para o pecado.


Agora, existe algo maravilhoso e é o fato de que Deus providenciou a vitória sobre o mal. Se há uma coisa que o inimigo não pode fazer é obrigar-nos a praticar o que não queremos. Ouçam bem isto: o diabo pode fazer o que quiser. Pode apresentar as maiores tentações. Pode colocar luzes, cores, programas de televisão, revistas pornográficas, pode colocar filmes miseráveis, o que quiser. Mas, se há alguma coisa que o inimigo não pode fazer, coloque bem isto em sua mente, se há alguma coisa que o inimigo não pode fazer é obrigá-lo a fazer algo quando você não quer. No momento que você cai de joelhos, impotente, fraco, necessitado, carente do poder de Deus, e diz: "Senhor, faz algo por mim, porque se depender de mim, estou perdido", nesse momento, as hostes do inimigo tremem e fogem apavoradas porque não podem ver um cristão ajoelhado. Entendeu? O inimigo não tem mais direito sobre você. Ele está derrotado, acabado, perdido.


Estava pregando um dia, quando uma mulher deu um grito, lá atrás. Com uma força descomunal ela levantou um banco de uns três metros de comprimento, mais ou menos e o jogou contra mim. Se eu não tivesse me afastado, esse banco cairia sôbre mim. Ao longo do meu ministério eu tenho visto muitas vezes o inimigo aparecer por aí. Naquela ocasião, aquela mulher rastejava e se aproximava do lugar onde eu estava pregando. Sua boca espumava, seus olhos estavam injetados de sangue. Ameaçava com palavras incoerentes.


Naquele instante, eu disse para as pessoas presentes: Estão vendo este espetáculo deprimente? Tudo que o inimigo pode fazer hoje, é isto. Rastejar como uma cobra miserável.


Querido, mais uma vez repito: o inimigo está derrotado. Então, por favor, não permita que um inimigo em agonia, tenha poder sobre o seu corpo, sobre sua mente, o seu coração. Ele está perdido, acabado e você tem um Deus todo poderoso. As hostes angelicais estão ao seu dispor, é só clamar.


Querido, não sei quem é você, nem como você vive. Porventura estou falando para alguém cujo coração chora a dor de se ver escravizado? Liberte-se no poder de Jesus. Não há vício capaz de submeter você. Não há tendência capaz de governar sua vida. Não há desvio de caráter capaz de destrui-lo.


O povo de Sodoma tinha tirado Deus de sua vida. Eles se atreveram até a atacar dois anjos. Aquele povo tinha chegado ao fundo do poço. Não me diga que o homossexualismo é um mal de vinte anos pra cá. Ele sempre existiu. Mas sabe o que aconteceu nos últimos anos? A sociedade está querendo colocar uma tinta dourada em cima da perversão humana. Está querendo dizer que não há nada de errado, que está tudo certo, que é uma opção como qualquer outra. Mas, volto a repetir, você tem o direito de viver como quer e a sociedade tem o direito de respeitá-lo e amá-lo como você é. Mas, é normal? Você não pode mudar a natureza, a criação, nem o propósito de vida. Aquilo que Deus disse que não é normal, não passa a ser normal porque a maioria das pessoas quer ou porque o Congresso quer aprovar. Sempre será uma aberração, aos olhos de Deus. O ser humano, porém, sempre será o objeto do amor maravilhoso de Deus.


Ele está aqui, com os braços abertos, pronto a recebê-lo e dar-lhe o poder necessário para uma vida vitoriosa.

ORAÇÃO

Pai querido, o pecado traz muita dor e tristeza ao coração humano. Ele deforma completamente a Tua imagem. Ele corrompe e arruina tudo de belo que confiaste ao homem. Mas, neste momento, Te suplicamos que a graça de Jesus se manifeste abundantemente na vida de todos Teus filhos e daqueles que abrirem o coração a Ti. Em nome de Jesus, amém.



Programas Evangelicos Mensagens Evangelicas