Nesta página você encontra dezenas de Sermões Biblicos de renomados pastores para você conhecer mais da palavra de Deus ou para usar em suas pregações em sua igreja.

CLIQUE para voltar a página inicial dos Sermões Online

177 Sermões Evangelisticos

O CHAMADO DE UM CÉTICO

PR. ALEJANDRO BULLÓN


"O texto para a mensagem de hoje está registrado no evangelho de São João capítulo 1, verso 43 a 51:


"No dia imediato, resolveu Jesus partir para a Galiléia, e encontrou a Filipe, a quem disse: Segue-me. Ora, Filipe era de Betsaida, cidade de André e de Pedro. Filipe encontrou a Natanael e disse-lhe: Achamos aquele quem Moisés escreveu na lei, e a quem se referiram os profetas, Jesus, o Nazareno, filho de José. Perguntou-lhe Natanael: De Nazaré pode sair alguma coisa boa? Respondeu-lhe Filipe: Vem, e vê." - Filipe não ficou discutindo com Natanael. Diante da dúvida, chamou para a comprovação: "Vem e vê". - "Jesus viu Natanael aproximar-se e disse a seu respeito: Eis um verdadeiro israelita em quem não há dolo! Perguntou-lhe Natanael: Donde me conheces? Respondeu-lhe Jesus: Antes de Filipe te chamar, eu te vi, quando estavas debaixo da figueira. Então exclamou Natanael: Mestre, tu és o Filho de Deus, Tu és Rei de Israel! Ao que Jesus respondeu: Porque te disse que te vi debaixo da figueira, crês? Pois maiores cousas do que estas verás. E acrescentou: Em verdade, em verdade vos digo que vereis o céu aberto e os anjos de Deus subindo e descendo sobre o Filho do homem". (S.João 1:43-51)


Uma das coisas fascinantes do evangelho de João, é que ele nos apresenta muitas histórias de vidas transformadas por Jesus. São vidas de pessoas simples com as quais podemos facilmente nos identificar. Uma dessas pessoas é Natanael.


Se você ler cuidadosamente os 4 evangelhos perceberá que Natanael não é mencionado por Mateus, Marcos ou Lucas. João foi o único que se deu o trabalho de registrar algo sobre Natanael. Talvez porque a vida daquele homem aparentemente não significasse muita coisa, mas João é assim. Ele nos dá detalhes que os outros evangelistas não apresentam. Por exemplo, tudo que sabemos a cerca de Filipe, André, Nicodemos e Tomé, o sabemos através do evangelho de João.


Bom, analisemos hoje o chamado de Jesus a Natanael. Este incidente é um drama em três atos: o convite, a benção e a promessa.


No primeiro ato, Filipe encontra a Natanael e diz:


"... Achamos aquele de quem Moisés escreveu na lei e a quem se referiram os profetas, Jesus, o Nazareno, filho de José". (João 1:45)


Sabe, Israel tinha estado esperando durante séculos a vinda do Messias. A chegada do Messias significava a liberdade, a ressurreição dos sonhos destruídos e a concretização da esperança tanto para Israel, quanto para Natanael. Anos e anos de opressão política estavam levando o povo de Israel quase a perder as esperanças e, de repente, tudo parece tomar vida novamente. "...Achamos aquele de quem Moisés escreveu..." (S.João 1:45)


Foi esta a exclamação de Filipe. Em outras palavras: Você não precisa mais passar pela vida sem esperança. Ninguém precisa mais lhe humilhar. O sofrimento, a dor, o vazio do coração, tudo, chegou ao fim, porque achamos o Messias.


Este é o convite a uma nova experiência. Sair da morte para a vida, das trevas para a luz, da tristeza para a alegria. E note bem, o convite não vem diretamente de Jesus a Natanael. Filipe foi o instrumento que Deus usou para alcançar um homem perdido na confusão de suas limitações humanas.


Meu amigo, esta é uma verdade contundente ao longo da Bíblia. Deus sempre usa instrumentos humanos para alcançar outros seres humanos. Primeiro você tem um encontro pessoal com Cristo, sua vida muda e então você parte em busca de outras pessoas para contar as maravilhas que Jesus operou em sua vida. Quem diria que aquele dia, o testemunho fiel de Filipe levaria a notícia da vinda do Messias a todo Israel? E o que teria sido de Natanael se Filipe tivesse sentido medo de falar ou estivesse tão ocupado com outras coisas, que não tivesse tido tempo para procurar um amigo e falar de Jesus?


Você sente que as mensagens que você assiste neste programa edificam sua vida? Você sente que elas levam esperança e conforto ao seu coração? Então vem a pergunta: O que você está fazendo para que as outras pessoas sejam também beneficiadas com esta mensagem?


A história bíblica diz que a princípio Natanael não recebeu a notícia com alegria. Ele reagiu com ceticismo e preconceito. "Como você sabe que este é o Messias?...", "...Pode sair algo bom de Nazaré?" (S. João 1:46)


Sabe, Nazaré era uma vila insignificante na Galiléia. Nem sequer é mencionada no Velho Testamento ou nos escritos do historiador Flávio Josefo ou de qualquer outro rabino judeu. Como poderia vir o Messias de uma cidade tão insignificante? Ah, meu amigo, esta não é a primeira vez que alguém compreende erradamente a origem de Jesus e, por causa disso, O condena. A verdade é que nenhum profeta nunca tinha dito que Jesus viria de Nazaré. Filipe errou ao dizer que Jesus viria de Nazaré e Natanael errou ao achar que o Messias não poderia nunca vir de uma miserável vila. O preconceito é sempre assim. Ele amarra você ao lugar onde nasceu. Ele vive preocupado em saber se você nasceu no Piaui, em Minas ou São Paulo. O preconceito não está preocupado com você, mas somente com a cor da sua pele e com seu estatus social. O preconceito amarra você ao seu passado e não lhe permite nunca ser o que, pela graça de Deus, poderia chegar a ser.


O preconceito é tão vil e insidioso que não prejudica somente o preconceituado, envenena também a vida do preconceituoso. Imagine só, o que Natanael, o preconceituoso, teria perdido se Filipe não tivesse insistido com ele. Sua vida teria continuado a ser uma vida de trevas, angústia e desespero.


Se você estudar bem o evangelho de João, verá que ele enfatiza o fato de que ninguém poderá nunca entender quem é Deus, a menos que se confronte com a realidade de que Jesus é o Verbo.


Veja o primeiro versículo do Evangelho de João: "No princípio era o Verbo, e o Verbo estava com Deus, e o Verbo era Deus". (S. João 1:1)


Na realidade, Jesus não vinha de Nazaré, nem de Belém, Ele vinha do céu, tinha existido pela eternidade toda com o Deus Pai e o Deus Espírito Santo. Se você não consegue entender isso seu conceito de salvação estará sempre limitado. Jesus não foi um ser criado, não foi um revolucionário social que morreu por causa de sua ousadia. Ele foi um Deus vivo, encarnado na pessoa de Jesus Cristo, e crucificado para salvar ao homem.


Vejamos agora como Filipe lidou com o preconceito de Natanael. Filipe não discutiu, não argumentou, nem racionalizou, ele apenas fez o que aprendeu com o seu Mestre. Ele disse: "Vem e vê". Este sempre foi o maior argumento em favor do cristianismo. Discussões teológicas bem elaboradas podem não passar de retórica oca. "Vem e vê", é o Evangelho que, saindo do papel, se torna vida. É a teoria feita prática, é o argumento feito fato e, contra fatos, não há argumentos.


O chamado de Natanael nos ensina também a grande lição de que Jesus nunca buscou pessoas sem dúvidas, interrogações e questionamentos, portanto se você, neste momento, está lendo esta palestra com dúvidas, você é uma das pessoas que Jesus está buscando. Por que não abrir o coração para Ele?


O segundo ato do drama do chamado de Natanael é a benção a ele prometida, pois quando Jesus chama, Ele abençoa, Ele sempre tira da vida o que está sobrando e acrescenta o que está faltando. Ele nunca chama um filho para deixá-lo abandonado por aí.


Um dia chamou Abraão para sair de sua terra rumo à terra que o Senhor lhe mostraria, mas, ao mesmo tempo que o chamou, o abençoou em todas as áreas de sua vida. Agora veja o que diz o texto de hoje, referindo-se a benção outorgada a Natanael: "Jesus viu Natanael aproximar-se e disse a seu respeito: Eis um verdadeiro israelita em quem não há dolo!" (S. João 1:47)


Jesus viu Natanael aproximar-se. Aqui está a figura do Pai que viu o filho pródigo aproximar-se sujo, imundo e cheirando a porco. Jesus disse: "Eis um verdadeiro israelita". Para entender isto, precisamos tirar luz do Velho Testamento. O primeiro israelita foi Jacó depois que Deus lhe mudou o nome. Jacó queria dizer usurpador, enganador, mentiroso, falsário. Mas a diferença do velho Jacó, em Natanael não há dolo, seu passado está completamente apagado. Suas raízes foram esquecidas. Sua história começou de novo. Esta é uma das coisas maravilhosas que o evangelho tem. Não importa quem foi você, nem como você viveu quando não conhecia a Cristo. Sua vida começa quando você entrega o coração a Jesus. Você entende? Neste momento, você pode ter todo seu passado apagado pela graça de Jesus.


Agora, responda-me uma pergunta: Quando Jesus disse: "...Eis um verdadeiro israelita em quem não há dolo!" (S. João 1:47)


Ele estava apenas reconhecendo o que Natanael era ou estava descrevendo o que pela sua graça poderia chegar a ser?


Pensemos um pouco em Pedro. Quando Jesus disse: "Tu és Pedro "um pedaço de rocha, tinha Pedro algo de rocha? Não, claro que não, tanto assim que pouco depois negou seu Mestre. Mas Jesus estava descrevendo o que Pedro, pela graça divina, poderia chegar a ser? Este também poderia ser o caso de Natanael. Em outras palavras: "Natanael, neste momento, você pode não ser grande coisa, mas em Meu nome, você crescerá, e chegará um momento em que seu caráter será semelhante ao Meu". Não é maravilhoso? Esta é a maior benção que o ser humano pode receber.


Vejamos novamente o verso 48. Este verso apresenta uma pergunta tola de Natanael: "...Senhor donde me conheces? Respondeu-lhe Jesus; Antes de Filipe te chamar, eu te vi, quando estavas debaixo da figueira". (S. João 1:48)


Na realidade, Deus viu Natanael antes dele nascer, desde o ventre de sua mãe. Ah querido, Deus conhece tudo. Às vezes, quando as sombras desta vida nos envolvem, quando tudo dá errado e nos sentimos sozinhos, a tendência humana é pensar: "Deus me abandonou, Ele se esqueceu de mim, Ele ignora o que está acontecendo comigo". Mas isso não é verdade. Deus conhece você desde o momento de sua concepção e o melhor de tudo é que Ele tem um plano extraordinário para sua vida.


Mas você precisa cair aos pés de Jesus como Natanael e exclamar: "Rabi tu és o filho de Deus, tu és rei de Israel". Perceba estes dois conceitos que vão juntos, Filho de Deus e Rei.


Enquanto Natanael não reconhecia Jesus como Filho de Deus, por que iria adorá-Lo? No momento em que reconheceu a natureza divina do Filho, imediatamente O aceitou também como rei. É Jesus o rei de sua vida? Pense antes de responder: por que um rei, reina? Jesus reina absoluto e soberano em sua vida?


Passemos agora ao terceiro ato do drama do chamado de Natanael: a promessa. Veja como começa a promessa de Jesus. "...Porque te disse: vi-te debaixo da figueira crês? Pois maiores cousas do que estas verás". (S. João 1:50)


Aqui Jesus está falando do mundo ilimitado de Suas promessas. "Coisas maiores". Nunca o cristão alcança o suficiente. Jesus sempre tem "coisas maiores". "Coisas que o olho não viu nem ouvido ouviu". "Coisas infinitas, inenarráveis, indescritíveis". Depois Jesus acrescenta: "Em verdade, em verdade vos digo que vereis o céu aberto e os anjos de Deus subindo e descendo sobre o Filho do homem". (S. João 1:51)


Promessas! Ah, promessas! O ser humano sempre está reclamando as promessas divinas. Pena que quase sempre estamos limitando as promessas de Deus a saúde, dinheiro e amor. Mas Jesus apresenta aqui a maior de todas as promessas. "...Anjos de Deus subindo e descendo sobre o Filho do homem". (S. João 1:51)


Jesus é a escada para o céu: "Ninguém vem ao Pai senão por mim..." (S. João 14:6)


...Jesus disse: "Eu sou a ponte que une o céu e a terra." Ele é a esperança de todos os séculos. Nele todas as angústias humanas desaparecem. Nele a história do pecado chega ao fim. Nele renascem as esperanças e ressuscitam os sonhos. Ele é a promessa que se fez realidade, se fez carne e habitou entre nós.


Que grande dia aquele para Natanael! De manhã não passava de um homem cético, preconceituoso, vazio, desajustado e sem perspectivas futuras. Mas Jesus o buscou através de Filipe. O achou, tocou sua vida, apresentou-lhe o convite, deu-lhe a benção e mostrou-lhe a promessa. Natanael caiu aos pés de Jesus e O reconheceu como Deus e Rei, e a partir daí, novos horizontes se abriram para o jovem israelita.


Está Você aí sentado como Natanael? Seu coração treme mesmo não querendo? Sua mente luta para aceitar? Suas dúvidas, interrogações e questionamentos parecem pedras que dificultam o caminho em direção a Jesus? Clame por ajuda, aí onde está.

ORAÇÃO

Oh, Pai querido! Há milhares e milhares de pessoas que precisam desesperadamente de Ti e, às vezes, não sabem disso. Sentem que devem abrir seu coração, mas estão rodeados de tantos preconceitos que não conseguem. E é por estas pessoas que clamo neste momento, para que a pedra do preconceito seja amassada de seu coração e estas pessoas se libertem e finalmente encontrem a fonte da verdadeira paz que é Cristo. Toca estas vidas, ouve o clamor que talvez não brotou dos lábios, mas que está gritando dentro do coração e responda esta oração. Em nome de Jesus. Amém



Programas Evangelicos Mensagens Evangelicas