Sábado, o selo de Deus
Livro de autoria de Peter P. Goldschmidt


Capítulo 06 - O Selo de Deus


Há poucas coisas mais difíceis do que ser cristão em um país cristão como o Brasil.
Segundo as pesquisas, nosso país é de maioria católica, mais de 90%, enquanto os outros 10% se dividem entre dezenas de religiões, principalmente religiões protestantes.
Era então de se esperar, que sendo o Brasil um país predominantemente cristão, os seus habitantes defendessem e propagassem os ensinos do cristianismo. A religião católica, bem como a maioria dos protestantes possuem a crença em comum de que a Bíblia, com um todo, foi inspirada por Deus para que o homem pudesse conhece-lo, saber da onde veio, para onde vai e como deve agir. Discussões doutrinárias a parte, é de se esperar que os cristãos creiam no mínimo, em Cristo e na criação do homem pelas mãos de Deus. Era de se esperar que todo o cristão fosse Criacionista, pois é isto que Bíblia e as religiões cristãs ensinam.

Mas o que se vê é outra realidade.

Apesar de haver missa na posse dos governantes, cultos e bençãos na inauguração de edificios e obras, ensino religiosos na escola, nós e nossos filhos somos constantemente bombardeados por afirmações de que o homem veio do macaco, de um dinossauro ou de uma bactéria desenvolvida no mar primordial. Nada contra os Evolucionistas defenderem suas teses. Acho isto justo em um país democrático com o Brasil. O que eu não acho justo em um país democrático e “cristão” com o Brasil, é o tratamento que o Evolucionismo tem como fato líquido e certo, enquanto o Criacionismo é ensinado em nossas escolas como se fosse uma lenda. Vale lembrar que nenhuma das duas “teorias” possuem hoje qualquer prova conclusiva de sua veracidade. Em verdade, elas são muito parecidas no que concerne a provas e a necessidade de fé para se crer nelas.

Veja estes três pontos que devem ser ressaltados:

1. A teoria da evolução também carece de provas científicas, uma vez que as poucas existentes não passam de mera especulação. Para os cientistas, cada pedaço de maxilar encontrado se torna a descoberta de uma nova fase de evolução do homem. Só que anos depois esta “nova”fase tem que ser revista e repensada pois com o surgimento de novas provas que contradizem as primeiras, a necessidade de “ajeitar” a teoria às novas descobertas. Há dezenas de especulações de como surgiram as primeiras bactérias, todas elas fantasiosas e sem nenhuma prova confirmatória.
No cristianismo porém, todas as provas que surgem, seja sobre o dilúvio ou sobre fatos mencionados na bíblia, são comprovatórias de uma teoria firme e consistente.


2. A teoria da evolução
também necessita de um boa dose de fé, tal qual a criacionista. Sem fé não há como preencher as lacunas deixadas pelos “ditos” ancestrais do homem. Não há como organizar crânios iguais com datas de carbono-14 diferentes.

Sem fé, o evolucionismo não é nada. Sem fé o criacionismo também não é nada.

Sem fé, nada do que você leu ou ainda lerá sobre a Bíblia, não terá qualquer validade.

Se você é Cristão, vale lembrar que você o é pela fé, uma vez que não existe nenhuma prova científica da existência de Deus e de Jesus como seu filho.

Em outras palavras, ou você crê na Bíblia como um todo, ou não crê em nada.
Ou tem fé em Deus, ou passa a não acreditar em nada mesmo.

3. A teoria da evolução é contra nosso Deus como o Deus Criador de todas as coisas.
É contra a queda de Adão pela tentação de Satanás. E, consequentemente, é contra a necessidade de um Salvador para o homem. Afinal, se ele não pecou no Éden, para que precisa ser redimido pelo sangue de Cristo?
E, se não há necessidade de ser redimido, pelo sangue de Jesus, tudo o que há na Bíblia, não tem qualquer validade, desde os sacrifícios dos Judeus confiando no Messias, até as histórias de Pedro, Paulo e João.

É interessante notar que um dos ensinos bíblicos mais combatidos, neste século, foi justamente o criacionismo.

Por que?
Preste atenção neste dois pontos:

1- Dentro e fora da igreja, Satanás tem obtido grande sucesso, transformando a história da criação, contada por Moisés, em “contos da carochinha”.

2- Na Lei de Deus o único realmente polêmico é o quarto mandamento, o Sábado.

Destruindo a Lei de Deus, através do descrédito de um só dos seus mandamentos, o inimigo das almas, cria uma brecha na perfeição do caráter de Deus. Com a destruição do quarto mandamento, Sátanas destroí a principal lembrança que o homem tem de Deus como soberano, criador e mantenedor de todas as coisas.

Para você entender esta afirmação há necessidade de se abrir um parenteses e comentar o título deste capítulo.

Sábado, o selo de Deus

Na antigüidade, para se autenticar um documento ou Lei, era necessário que o governante utilizasse um selo, ou anel de selar, e, com ele, legitimasse ser aquela a sua vontade. Isto aconteceu em diversos episódios bíblicos como:

- Quando Jezabel escreveu cartas, em nome do rei Acabe, ela selou-as com seu selo. I Reis 21:8

- Quando o rei Assuero editou a Lei para morte dos Judeus, ele a selou também com seu sinete. Ester 8:8

- Também nas ruínas de Babilônia, foram encontrados tijolos com o nome do seu construtor, Nabucodonosor.

Enfim, em qualquer documento importante havia a prova de sua autenticidade e legitimidade. No sinete ou selo, deveria sempre haver três coisas:

1. O nome do governante.

2. O seu cargo, ou título.

3. Sua area de domínio ou país.

Nos dez mandamentos de Deus, somente em um deles há estas identificações por completo, veja só:

“Lembra-te do dia do Sábado para o santificar. Seis dias trabalharás e farás toda a tua obra. Mas o sétimo dia é o sábado do Senhor, teu Deus; não farás nele nenhum trabalho, nem tu, nem o teu filho, nem a tua filha, nem o teu servo, nem a tua serva, nem o teu animal, nem o forasteiro das tuas portas para dentro; porque, em seis dias, fez o Senhor os céus a terra, o mar e tudo o que neles há, e, no sétimo dia, descansou; por isso, o Senhor abençoou o dia de Sábado e o santificou”. Êxodo 20: 8-11

Note que este mandamento traz as três coisas necessárias em um selo, ou sinete:

1. O nome do governante:
SENHOR-JEOVÁ,
Aquele que existe por si mesmo.

2. Seu cargo:
CRIADOR DO UNIVERSO,
Ele Fez.

3. O seu domínio:
O CÉUS, A TERRA E TUDO O QUE NELES HÁ.

Não nos admira ser este o mandamento, juntamente com o criacionismo que ele sustenta, o mais combatido neste último século.

Destruindo o crédito na criação como a Bíblia nos conta, se destroí também a necessidade de guardar o quarto mandamento, pois como já vimos, a guarda do Sábado começou na criação. Não que ele seja o mais importante, pois sabemos que todos os dez têm igual valor. A sua importância vem justamente do fato de ser ele o ponto de diferença entre os que crêem em um Deus Criador e daqueles que crêem ser o homem fruto de um acaso intergalático.

No século passado, a teoria da evolução (descendente do pensamento Grego) tomou um grande impulso pelas teorias de Charles Darwin. Para a mesma época, Deus providenciou uma advertência ao mundo, através de uma profecia, a fim de lembrar o homem quem ele é e de onde veio:

“Temei a Deus e dai-lhe glória, pois é chegada a hora do seu juízo; e adorai aquele que fez o céu, e a terra, e o mar, e a fonte das águas.” Apocalipse 14.7 (profecia referente ao tempo do fim.)

Notem que isto não acontece por acaso. Isto já foi predito há muito tempo atrás por Daniel e pelo apóstolo João.

Veja só:

“ e proferirá palavras contra os santos do Altíssimo, e cuidará em mudar os tempos e a Lei; e os santos lhe serão entregues nas mãos, por um tempo, dois tempos e metade de um tempo” Daniel 7:25
Sobre o anti-cristo.

“ e irou-se o dragão contra a mulher e foi pelejar com o restante da sua decendência, os que guardam os mandamentos de Deus e a fé de Jesus.” Apoc. 12:17
Sobre a perseguição do anti-cristo aos santos.

É neste final dos tempos, quando é chegada a hora do Seu juízo, que Satanás procurará levar o homem, através de erros muito sutís, a negar a autoridade de Deus sobre a terra e sobre aqueles que nela habitam.

Não caia você também neste engano.


Acesse aqui os demais capítulos deste livro on-line
Introdução
Capítulo 01 - A Lei
Capítulo 02 - A Lei da liberdade
Capítulo 03 - O Sábado
Capítulo 04 - Jesus e o Sábado
Capítulo 05 - Mudança para o Domingo
Capítulo 06 - O Selo de Deus
Capítulo 07 - O Dízimo e o Sábado
Capítulo 08 - Algumas perguntas
Capítulo 09 - Tome uma decisão
Capítulo 10 - Como guardar o Sábado


PÁGINA INICIAL
120914 - 2001/2014©JesusVoltara.com.br

120914